Qual pais tem mais Áreas Protegidas? Usando Tabela Dinâmica e a Função PROCV no Excel

Descubra quem tem mais unidades de conservação no mundo e veja como utilizar tabelas dinâmicas e a função ProcV no Excel para obter essas informações.

O Brasil não é o único pais no mundo a ter unidades de conservação. Desde da criação do Parque de Yellowstone nos Estados Unidos, a primeira unidade de conservação no mundo, muitos outros países também se mobilizaram e criaram suas próprias áreas de proteção.

Já comentamos na postagem “Como converter vértices de polígonos em pontos no QGIS” um pouco sobre as unidades de conservação (UC) no Brasil, por isso, vamos dar um breve resumo.

As UC são definidas pela Lei Federal n.9.985/2000, a qual também cria o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). Nela são definidas 12 categorias de UC com características distintas.

No mundo, podemos considerar que a primeira área de proteção ambiental foi estabelecida nos Estados Unidos, no ano de 1864, quando o governo federal americano transferiu para o estado da Califórnia o Vale de Yosemite para que este fosse mantido para o público “pela eternidade” (GREENE, 1987).

Vale de Yosemite (Califórnia, EUA).
Vale de Yosemite (Califórnia, EUA). Fonte: Pablo Fierro no Unsplash.

Porém, foi somente no dia 1 de outubro de 1890 que o Parque Nacional de Yosemite foi criado. Antes disso, o congresso americano já havia estabelecido a primeira UC do mundo, o Parque Nacional de Yellowstone, em março de 1872 (HAINES, 1974).

No Brasil, a primeira UC criada, apesar de alguns insucessos anteriores, foi o Parque Nacional do Itatiaia, no Rio de Janeiro, em 1937 (TOZZO E MARCHI, 2014).

Desde então, já são mais de 200 mil áreas protegidas espalhadas no mundo (conforme levantamento das Nações Unidas em 2014).

Mas fica a pergunta, onde estas unidades de conservação estão? E qual pais protege mais o meio ambiente? Para responder essas perguntas, iremos baixar o seguinte arquivo do site Protected Planet:

Lá, clique em WPDA Dataset e selecione .CSV para baixar a tabela com os dados (você também pode baixar esses dados no formato shapefile para avaliar espacialmente as unidades de conservação).

Analisando dados no Excel

Para analisar esse banco de dados, iremos utilizar Tabelas Dinâmicas no Excel.

Quando você abrir o arquivo CSV, você terá um “tabelão” contendo informações como: Nome da UC (“Name”), Tipo de unidade (“Design”), Tamanho (“Rep_Area” e “GIS_Area”), Ano de criação (“Status_yr”) e Pais.

Para criar uma tabela dinâmica, vá em Inserir > Tabela Dinâmica. Na janela que será aberta, selecione as células para análise (neste caso, toda tabela e clique em OK).

Na tabela dinâmica, para verificar qual pais tem mais áreas protegidas, arrastaremos os seguintes parâmetros para as seguintes áreas:

  • Coluna ISO3 para o campo Linhas;
  • Coluna ISO3 para o campo Valores (lembrando que a operação neste campo deve ser contagem).

Vamos aproveitar e arrastar também a coluna GIS_Area para o campo Valores para somarmos as áreas (em quilômetros quadrados) das UC. Se você executou esses passos corretamente, terá uma tabela como esta apresentada abaixo.

Tabela Dinâmica gerada a partir dos dados de Áreas Protegidas.
Tabela Dinâmica gerada a partir dos dados de Áreas Protegidas.

Note que os países são representados pela codificação proposta na ISO 3166. Você pode conferir uma lista com os nomes dos países no site das Nações Unidas.

A sigla ABNJ refere-se às áreas que estão além da jurisdição nacional (“Areas Beyond National Jurisdiction”), sendo que muitas delas são áreas marinhas.

Copie e cole a sua tabela dinâmica em um novo arquivo do Excel.

Agora, vamos ordenar a coluna de contagem de áreas protegidas para verificar quem tem mais áreas, independente da área em km2. Esse processo pode ser realizado selecionando a coluna com os dados de contagem e em seguida, clicando em “Classificar Filtrar” > “Classificar do Maior para o Menor”.

O resultado é apresentado abaixo, demonstrando os 10 países com mais áreas protegidas (lembrando, sem considerar o tamanho delas):

  1. Estados Unidos da América (34.073 áreas protegidas);
  2. Alemanha (22.894 áreas protegidas);
  3. Suécia (19.492 áreas protegidas);
  4. Finlândia (14.829 áreas protegidas);
  5. Reino Unido (11.684 áreas protegidas);
  6. Austrália (11.379 áreas protegidas);
  7. Rússia (11.268 áreas protegidas);
  8. Estônia (9.284 áreas protegidas);
  9. Canada (7.933 áreas protegidas);
  10. Suíça (5.895 áreas protegidas).

Onde esta o Brasil nessa história toda? Afinal de contas, 3 dos maiores países do mundo estão nessa lista (i.e. EUA, Rússia e Canada). O Brasil aparece na posição 22 com 2.299 áreas protegidas.

Já sabemos quem são os países com mais áreas protegidas, essa nossa comparação não levou em consideração a área da unidade protegida. Podemos ter um pais com milhares de áreas, porém, todas elas estão fragmentas, são pequenas, enquanto outro pais pode ter poucas áreas, mas suas extensões são enormes.

Vamos realizar o mesmo procedimento na nossa planilha e avaliar, agora, qual pais tem mais área protegida (em km2):

  1. Estados Unidos da América (6.686.794 km2);
  2. Austrália (5.220.403 km2);
  3. Brasil (3.884.125 km2);
  4. Áreas Fora de Jurisdição Nacional (2.618.174 km2);
  5. Rússia (2.339.199 km2);
  6. Ilhas Cook (1.982.031 km2);
  7. Groelândia (1.950.833 km2);
  8. Terras Austrais e Antárticas Francesas (1.731.914 km2);
  9. Nova Zelândia (1.390.513 km2);
  10. Canada (1.326.105 km2).
Fiorde de Ilulissat (Groelândia), considerado patrimônio mundial da UNESCO em 2004.
Fiorde de Ilulissat (Groelândia), considerado patrimônio mundial da UNESCO em 2004 (Fonte: Tina Rolf no Unsplash).

Perceba que agora, países com maior extensão territorial apareceram (exceto a China, que tem somente 120 áreas protegidas com 176.333 km2). E além disso, outros locais pouco comuns, em função de suas áreas protegidas abrangerem áreas marinhas, conferindo grandes extensões de áreas protegidas.

Nas Ilhas Cook, a principal área protegida é o Parque Marinho Marae Moana, segunda maior área marinha protegida no mundo (Conservation.org).

Fizemos dois tipos de comparação, uma considerando apenas o número de áreas protegidas e a segunda considerando suas áreas ocupadas. Vamos realizar uma terceira análise, considerando a porcentagem que tais áreas ocupam em seus respectivos países.

Nesta comparação, utilizaremos os dados de área que estão na tabela de atributos do shapefile com os limites dos pais disponibilizado no site Thematic Mapping.

Para abrir esses dados no Excel, você pode utilizar tanto o QGIS quanto o ArcGIS. No primeiro, basta clicar sobre o shapefile e exportar ele como CSV. No segundo, abra a tabela de atributos e clique em Table Options e selecione Export.

Buscando Dados no Excel com a função PROCV

Precisamos copiar e colar cada área na linha do seu pais? Não. Podemos utilizar a função PROCV() para facilitar essa transferência de dados.

Primeiro, abra o arquivo CSV exportado do shapefile e copie e cole todos os dados em uma aba nova na planilha com as informações das áreas protegidas.

Agora, vamos utilizar a função PROCV(). Ela serve para encontrar dados em uma planilha a partir de uma determinada informação. No nosso caso, iremos utilizar o código ISO3 (que representa o nome do pais para buscar seu nome completo e área na outra planilha e não precisar ficar copiando e colando).

A função PROCV() recebe os seguintes argumentos:

  • Palavra para ser procurada;
  • Planilha que será realizado a busca (sendo que a busca é feita na primeira coluna da planilha);
  • Número da coluna que contem o resultado desejado;
  • Se o resultado pode ser aproximado ou não (Verdadeiro ou Falso).

Desta forma, teremos, conforme figura abaixo, duas colunas com a função PROCV (sendo a palavra a ser busca a primeira coluna), lembrando de que você deve colocar cifrões para que a planilha de busca seja sempre a mesma e que, na área, você deverá multiplicar o resultado por 10 para obter ela em quilômetro quadrado.

Planilha completa com função PROCV aplicada.
Planilha completa com função PROCV aplicada. Lembrando que os parâmetros buscados estão na outra aba (e que a função PROCV em inglês é VLOOKUP).

Note que algumas células contém erros, isso acontece porque o PROCV() não conseguiu encontrar aquele pais, pois ele não esta disponível na lista de procura.

Com esses dados prontos, vamos dividir a área das unidades de conservação pela área territorial do pais e vamos ver quem conserva mais o meio ambiente. Os dez primeiros resultados são apresentados abaixo:

  1. Ilhas Cook (825.846%);
  2. Kiribati (110.734%);
  3. Samoa Americana (35.315%);
  4. Nova Caledônia (7239%);
  5. Malta (3090%);
  6. Ilhas Cocos (Keeling) (785%);
  7. Bahamas (530%);
  8. Nova Zelândia (519%);
  9. Groelândia (475%);
  10. Portugal (360%).

É interessante notar que muitos dos resultados são superiores à 100%, isso acontece pois muitas das áreas protegidas são marinhas, sendo que comparamos a quantidade de áreas protegidas com a área “de terra” de cada pais.

Reserva Marinha Whanganui-A-Hei na Nova Zelândia. Fonte: Tyler Lastovich no Unsplash.
Reserva Marinha Whanganui-A-Hei na Nova Zelândia. Fonte: Tyler Lastovich no Unsplash.

E onde estão os Estados Unidos, Alemanha e Brasil que estavam tão bem posicionados anteriormente? Bem, os EUA estão com 73% de áreas protegidas, a Alemanha com 81% e o Brasil com 46%.

Caso você queira realizar o download da planilha de dados, clique aqui.

Perceba que conforme modificamos a forma de visualizar e interpretar os dados, obtemos diferentes resultados, por isso é extremamente importante em pesquisas que os autores deixem claro a metodologia (i.e. como a pesquisa foi realizada).

Cabe lembrar que a definição de área protegida pode variar de pais para pais, podendo em alguns deles a legislação ser mais rigorosa ou mais branda.

Leia também: Qual Município tem mais Nascente em Santa Catarina?

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma sugestão de matéria? Fique a vontade e utilize os comentários. Não esqueça de compartilhar nossa postagem.

Fonte Consultadas.

GREENE, Linda. Yosemite: The Park and its Resources. 1987. Disponível em <https://www.nps.gov/yose/learn/historyculture/lindagreene.htm>. Acesso em 10 nov. 2018.

HAINES, Aubrey. Yellowstone National Park: Its Exploration and Establishment. 1974. Disponível em <https://www.nps.gov/parkhistory/online_books/haines1/index.htm>. Acesso em 10 nov. 2018.

TOZZO, R.A.; MARCHI, E.C. Unidades de Conservação no Brasil: Um Visão Conceitual, História e Legislativa. Revista Meio Ambiente e Sustentabilidade. v.6, n.3, pg. 508-523. 2014.


Clique na figura abaixo e assine nossa lista de emails para receber nosso ebook "Como criar mapas de localização com ArcGIS 10.x".


Author: Fernando BS

Engenheiro Ambiental e de Segurança do Trabalho. Atua nas áreas de recuperação ambiental, geoprocessamento e ciência do solo. Busca soluções utilizando softwares como ArcGIS, R e MATLAB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *