Como inserir pontos no ArcGIS usando uma planilha do Excel?

Muitas vezes registramos nossas coordenadas em planilhas, as vezes registramos elas no formato incorreto. Veja como importar coordenadas geográficas (Grau Minuto Segundo) do Excel e inseri-las no ArcGIS no formato grau decimal.

Sabemos que no geoprocessamento, pontos são definidos como toda a entidade geográfica que pode ser localizada por um par de coordenadas X e Y.

Eles representam fenômenos bem localizados, pontuais, tais como: localização de pontos de monitoramento, pontos mais elevados (pico de uma montanha), acidentes, localização de empresas, dentre outros.

Mas de que forma posso utilizar esses pontos no ArcGIS?

Há alguma forma de utilizar planilhas externas (como do Excel)?

Acompanhe nosso tutorial e saiba como criar um shape de pontos a partir da sua planilha do Excel.

É possível utilizar planilhas externas para posteriormente exporta-las para o  ArcGIS. Para isto, basta que elas contenham os valores das coordenadas latitudinais e longitudinais dos pontos de interesse.

Algumas versões do ArcGIS não aceitam o formato XLSX. Salve sua planilha no formato XLS ou CSV.

O  formato CSV (Comma-Separated Values) é um formato simples de armazenamento para as trocas de dados entre diferentes softwares.

Cada linha em um texto CSV representa uma linha em uma planilha. Cada célula é geralmente separada por vírgula ou um outro carácter, como tabulador.

Para nosso tutorial usaremos as coordenadas da planilha utilizada na postagem “Como converter coordenadas geográficas em decimais no Excel”.

Inserindo os Dados no Excel

Vamos supor que fomos para campo para o monitoramento dos pontos de captação de água e registramos a localização desses pontos em coordenadas geográficas (Latitude e Longitude).

E ao chegar no escritório, precisaremos inserir esses dados em um mapa para melhor representar os dados.

Agora com o Excel aberto, iremos criar três colunas:

  • Pontos de Monitoramento;
  • Latitude; e
  • Longitude.

Posteriormente iremos inserir as coordenadas (X e Y), conforme figura abaixo.

Nossa tabela de coordenadas de campo.

Tome cuidado para anotar corretamente os pontos, não deixar espaços, acentos ou qualquer outra informação que possa ocasionar erros.

Outro detalhe importante é que o ArcGIS não admite a importação de coordenadas no formato GMS (Graus, Minutos e Segundos), sendo necessário converter coordenadas GMS para Graus Decimais.

Para executar essa transformação, confira nossa postagem “Como converter coordenadas geográficas em decimais no Excel” ou baixe a aqui a planilha Conversor_Coordenadas.

 

Convertendo as Coordenadas

Com a planilha “Conversor_Coordenadas” aberta, iremos inserir as coordenadas obtidas em campo para cada coluna da planilha.

Infelizmente precisamos utilizar essa planilha de conversão, pois o software não compreende o formato numérico em GMS. A planilha que você baixou é igual a apresentada abaixo.

Planilha de conversão utilizada neste tutorial.

A conversão é simples, precisamos digitar os valores das coordenadas nos campos GM e S.

Para evitar erros de digitação, você pode colar as suas coordenadas ao lado da planilha de conversão.

Um detalhe, o separador decimal no Excel Português-BR é a vírgula. Em outras palavras, ao invés de digitar 20.15, digite 20,15 para inserir corretamente os valores correspondentes aos segundos.

Após a digitação, sua planilha ficará como esta na imagem.

Planilha com os dados digitados

Ao terminar a inserção dos valores, copie as células das coordenadas em Graus Decimais. Abra uma nova planilha e clique com o botão direito do mouse sobre uma célula vazia e selecione a opção Colar Especial.

Na janela Colar Especial, selecione a opção Valores (somente números serão colados, isso evita a cópia desnecessária das fórmulas presentes na planilha anterior).

Visão geral da janela Colar Especial.
Visão geral da janela Colar Especial.

Os números serão colados com sucesso. Formate as colunas para Número com seis casas decimais. Finalmente, eis as coordenadas convertidas para Graus Decimais.

Planilha Final.

Agora com a planilha pronta, vamos salvar no formato “CSV”, para isso vá em “Salvar como” e escolha o formato CSV, conforme figura abaixo:

Salvando no formato CSV.

Agora com a planilha salva, vamos inseri-la no ArcGIS.

Inserindo a Planilha no Arcgis

Com o ArcGIS aberto, antes de inserirmos os pontos no mapa, é necessário definir o Sistema de Coordenadas Geográficas para o Dataframe e selecionar um Modelo da Terra (Datum).

O sistema de coordenadas geográficas convencional é o WGS 84 e o Datum, também WGS 84. Para executar essa tarefa. Para isso você precisa:

De um Clique duplo sobre o Dataframe “Layers” para acessar suas propriedades.

Acessando as propriedades do Data Frame no arcgis
Acessando as propriedades do Data Frame.

Na janela Data Frame Properties, acesse a guia Coordinate System e acesse a pasta Geographic Coordinate System e escolha seu sistema de coordenadas ou, caso ele já estiver selecionado como favorito, dê um clique sobre ele e vá em aplicar. Em seguida, clique em ok.

Mude o sistema de coordenadas para WGS 84.

Após definir o sistema geográfico no Dataframe, vamos adicionar nossa tabela com pontos.

Para isso vamos clicar em File – Add Data – Add XY Data.

Adicione planilhas com coordenadas no ArcGIS
Adicione planilhas com coordenadas no ArcGIS

Ao clicar em “Add XY Data”, irá aparecer uma janela como esta abaixo.

Add XY Data.

Clique na pasta para navegar até o local onde seu arquivo CSV foi salvo. Abra a pasta de trabalho e localize a planilha que contém as coordenadas.

Localize o seu arquivo com as coordenadas.
Localize o seu arquivo com as coordenadas.

Defina os campos da Latitude (Y) e Longitude (X) de acordo com as colunas da planilha que contém as coordenadas em Graus Decimais.

Defina os campos X e Y.

Com isso, os pontos temporários serão distribuídos no mapa, sendo a projeção padrão Geographic Coordinate System WGS 84. A partir disso, o ArcGIS irá criar um arquivo “event”, conforme figura abaixo.

Tabela com os Pontos inserida no ArcGIS.

Exportando Arquivo Event para Shapfile

Um arquivo Events é um arquivo temporário, sendo que para salvar definitivamente esse arquivo como shapefile devemos clicar com o botão direito do mouse sobre o arquivo Events e selecionar a opção Data – Export Data.

Como salvar planilha no formato shapefile.
Como salvar planilha no formato shapefile.

Na próxima janela, o programa irá sugerir a adoção de um Sistema de Coordenadas. Nosso objetivo é gravar o sistema WGS 84 no novo arquivo.

Então indique o mesmo sistema de coordenadas definido para o Dataframe, em seguida selecione um nome e um local para o arquivo shapefile e clique no botão OK.

Salvando arquivo do ArcGIS no formato shapefile.
Salvando arquivo do ArcGIS no formato shapefile.

Confirme a opção abaixo para  inserir o arquivo final no mapa e em seguida clique em ok, conforme figura.

"Você quer adicionar o novo shapefile no seu mapa?"
“Você quer adicionar o novo shapefile no seu mapa?”

O arquivo (Shapefile) gerado deve ser adicionado aos demais dados presentes no mapa.

Você ainda pode deletar os pontos temporários, editar o nome do shape, mudar a cor dos pontos, dentre outros. Seu arquivo gerado ficará igual a imagem abaixo.

Shape com os pontos.

Agora com seu shapefile dos pontos gerado, você ainda pode inserir sua área de estudo, fazer o layout do mapa e exportar seu arquivo como imagem.

Você ainda consegue contar quantos pontos há dentro da sua área de estudo, confira nossa postagem “Qual município tem mais nascentes em Santa Catarina?” e saiba como.

E você o que achou desse tutorial? Deixe suas dúvidas e comentários abaixo da postagem.



Clique na figura abaixo e responda nosso questionário para receber nosso ebook "Como criar mapas de localização com ArcGIS 10.x".


Author: Émilin CS

Engenheira ambiental. Têm experiência na área de saneamento e gestão ambiental, buscando soluções usando QGIS e Bizagi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *