Layout de Mapas no QGIS (III)

Aprenda como fazer Layout de Mapas usando o software QGIS.

No último tutorial – “Layout de Mapas no QGIS (II)” – criamos todo o layout do nosso mapa, desde a introdução do norte até a elaboração da legenda. Neste tutorial iremos finalizar nosso mapa, inserindo elementos complementares, como por exemplo, mapa de localização, além de exportarmos seu mapa como imagem (JPG, PNG, PDF) para que assim ele possa ser utilizado em projetos e trabalhos.

Lembrando que o mapa utilizado será o mesmo mapa dos dois primeiros tutoriais, para quem não tem o mapa pronto, recomendo visitar os dois primeiros tutoriais [1][2], lá fornecemos tanto a instalação do software QGIS, quanto o download dos shapefiles dos limites municipais do Estado do Amazonas. Então vamos lá.

Abrindo o QGIS, vá na pasta onde seu projeto foi salvo e selecione-o. Vamos abrir o compositor clicando em Ctrl+P ou vá em Arquivo > Novo Compositor de Impressão. Em seguida, irá aparecer uma nova janela, denominada ‘Título do compositor’. Você deve inserir um título, como ‘REG’, por exemplo. Depois clique em Ok. Se você seguiu passo a passo os tutoriais anteriores, seu projeto está assim:

15
Mapa elaborado nos tutoriais anteriores.

Como vamos introduzir um mapa de localização, serão realizadas algumas alterações, como diminuir tamanho e arrumar a grade; e iremos desenhar as coordenadas. Vá na   ‘Composição’ e ‘Propriedades do Item’ (Abas no canto inferior esquerdo) e aqui vamos modificar a espessura de sua grade, unidade da grade, estilo da linha e moldura.

No nosso caso, vamos deixar a unidade da grade com a unidade do mapa e utilizaremos um intervalo igual a 6, de forma que a linha da grade fique bem distribuída, conforme figura abaixo.

oiii
Abas ‘Composição’ e ‘Propriedades do Item’

Abaixo, na opção “Desenhar Coordenadas”, é possível escolher o formato das coordenadas de seu mapa. Lembrando que as coordenadas são inseridas na grade. Escolha a opção “Vertical Ascendente” para os números que ficarão a esquerda e direita da grade e opção “Horizontal” para o topo e base da grade.

E para a distância entre os intervalos das coordenadas, usaremos 0,10 mm e adotaremos uma precisão das coordenadas de 1, ou seja, os valores gerados terão uma casa após a virgula, conforme mostra a figura abaixo.

11111
Inserindo grade de coordenadas.

Lembrando que estamos adotando certos valores apenas como exemplo para o tutorial, mas quando você realizar seus mapas para um projeto ou trabalho, as escalas, coordenadas e intervalos adotados devem ser definidos com bastante cuidado. Ao final, o mapa gerado ficará assim:

emi
Mapa com grades e coordenadas.

Logo após, vamos inserir a escala, legenda e o norte conforme figura abaixo.

Sem título

Antes de inserir o novo mapa, você deve utilizar o botão ‘Selecionar/mover item’ , clicar no mapa que você inseriu e, em ‘Propriedades do item’, selecionar a opção ‘Travar camadas para o item do mapa’, isto vai evitar que, caso você adicione uma nova camada no QGIS (para gerar o novo mapa), ela não se sobreponha ao mapa que você já fez. Desta forma é possível inserir vários mapas adicionais sem que o conteúdo de um prejudique o do outro (ver abaixo).

dueee
Travar camadas para o item do mapa.

Agora com o mapa travado, você pode voltar para a página principal do QGIS, onde você adicionou o shape com a divisão dos municípios do estado do Amazonas, desabilitar o mapa já criado e adicionar o mapa dos estados do Brasil.

Há duas opções no QGIS para isso, ou você pega o mapa diretamente da base de dados do próprio QGIS; o que não é muito recomendado pois o mapa sempre apresenta erros. O correto é baixar uma base de dados com os shapes desejados ou ainda criar uma figura no Google Earth e inserir no software.

Neste caso, vamos para a segunda opção. Após baixar o mapa, é só inseri-lo. Seu mapa deve ficar conforme imagem abaixo.

agaggagag
Resultado após adicionar os Estados do Brasil

Agora, dentro do mapa dos estados vamos destacar o estado do Amazonas. Você percebeu que ao inserir o mapa, todos os Estados ficaram da mesma cor, o que é um problema, pois por ser um mapa de localização, você precisa destacar de cor diferente o estado o qual seu mapa pertence.

Primeiramente, clique com o botão direito do mouse em cima de “estados” e abra a tabela de atributos.

hahahahhaha
Abrindo tabela de atributos.

A tabela de atributos serve para exibir valores dos atributos do componentes do seu shape, neste caso nossos componentes são: id; nome, sigla, região id e código IBGE. Você certamente abriu a tabela de atributos e percebeu que seu shape tem mais de 26 linhas. Isso deve ser ajeitado para que não fiquemos com uma legenda muito grande. Como resolvemos isso?

Neste caso, vamos selecionar o “nome”, ou seja,  vamos deixar apenas o amazonas e os demais estados vamos excluir e adicionar uma aba escrito “outros” representando assim os outros estados. Ao observarmos isso, podemos fechar a tabela de atributos e ir em propriedades (clique com o botão direito sobre o shape e selecione propriedades).

Na janela propriedades, vá em estilo – selecione categorizado e no item coluna escolha a opção “nome”. Logo após, clique em adiciona, uma linha em branco será adicionada. Na coluna de valor, coloque Amazonas; depois adicione outra em branco para os outros Estados, conforme figura abaixo.

Sem título
Selecionando o Estado do Amazonas

Um detalhe é que para remover os itens desnecessários basta: selecionar a categoria desejada e clicar em excluir.

hhhlo
Excluindo itens desnecessários

Para nomear a legenda, basta clicar em cima dela e escrever o nome de sua preferência, em seguida clique em aplicar, em seguida em ok; e seu mapa vai ficar conforme figura abaixo.

emilo
Estado do Amazonas – Brasil

Perceba que a Estado do Amazonas ficou em verde e os demais estados em branco. Agora, com tudo adicionado, vamos inserir o mapa de localização. No ‘Compositor de Impressão’, vá no botão ‘Adicionar novo mapa’, localizado no canto esquerdo, conforme figura abaixo.

pppulo

E basta adicionar o seu mapa de localização, colocando margem, grades, ajeitando a legenda, a escala, dentre outros. No nosso caso, vamos apenas inserir uma margem em nosso mapa.

Você ainda pode adicionar um titulo em seu mapa, basta ir em “Adicionar Novo Rótulo”.

a

Para inserir o rótulo basta ir em propriedade do Item > rótulo e digitar “Mapa Qualitativo do Estado do Amazonas”. No item aparência, você ainda pode alterar a fonte, tamanho, centralizar, conforme figura abaixo.

fernando

Agora com a mapa pronto, vamos exporta-lo como imagem, você pode exportá-lo tanto como imagem (PNG, JPG, TIF, dentre outros) quanto no formato PDF. Para exportar seu mapa como uma imagem, use o botão ‘Exportar como imagem’, localizado na em compositor.

memig

Uma nova janela do windows vai aparecer perguntando como você deseja salvar e o nome que você dará a sua imagem. No nosso caso, vamos salvar no formato PNG e com o nome ” Mapa Quantitativo” e clique em salvar.

Ao clicar em salvar, irá aparecer uma aba com a opção “Opções de Exportação da Imagem”, nessa aba será informado a resolução de sua imagem, as dimensões, tamanhos e alturas, clique em gravar e sua imagem irá aparecer na pasta desejada e no formato que você selecionou.

E para a opções salvar em pdf, basta fazer o mesmo procedimento, porém escolha a “exportar em pdf”.

pdfo

Agora, basta repetir os mesmos procedimentos do item anterior. A imagem gerada ficará assim:

Sem título

Agora com seu trabalho pronto, você poderá utilizar em seu projeto ou trabalho, ajeitando as escalas, tamanho das imagens e legendas conforme a sua preferência.

E com isso terminamos nosso tutorial, qualquer dúvida ou dificuldade, deixe seu comentário que estaremos respondendo.



Clique na figura abaixo e responda nosso questionário para receber nosso ebook "Como criar mapas de localização com ArcGIS 10.x".


Author: Émilin CS

Engenheira ambiental. Têm experiência na área de saneamento e gestão ambiental, buscando soluções usando QGIS e Bizagi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *