Como o óleo de cozinha pode ser reciclado?

Óleos usados são gerados nas nossas residências diariamente. Você sabe como eles podem ser reciclados? Podemos fazer algo mais do que sabão com óleos usados?

Há um tempo atrás, postei aqui uma matéria referente ao óleo de cozinha, falando de seus malefícios ao meio ambiente. Porém, surgiu a seguinte dúvida: O que fazer com o óleo de cozinha usado?

Citei que a melhor opção seria realizar a coleta desse óleo, colocando-o em garrafas PET e destinando-o à reciclagem. Mas afinal, de que forma ocorre essa reciclagem?

A reciclagem do óleo de cozinha usado pode ser feita em casa ou ainda pode-se levá-lo para postos de coleta.

Os postos de coleta irão encaminhar o óleo à associações e empresas que farão a sua reciclagem. Em casa, ele pode ser convertido em sabão, já nas empresas, ele pode ser utilizado para produzir biodiesel, tintas a óleo, massa de vidraceiro e outros produtos.

Como produzir sabão

Para a produção de sabão, basta peneirar o óleo de cozinha usado para reter os restos de comidas e demais impurezas; adicionar os ingredientes necessários e aguardar alguns minutos e o sabão estará pronto (confira a receita completa aqui).

Capa-Sabão
Sabão produzido em casa.

Um detalhe bastante interessante é que a reação que ocorre nessa receita é chamada de reação de saponificação.

Nesta reação, a base (soda cáustica) reage com os triglicerídeos (triésteres) que formam os óleos, convertendo-os em glicerol (glicerina) e sais de ácidos graxos, que são as moléculas responsáveis pela limpeza.

Mais detalhes podem ser encontrados em: Química dos sabões e detergentes.

A reação de saponificação mencionada acima é demonstrada abaixo.

CH2OCOC17H35                      CH2OH
│                                             │
CH2OCOC17H35 + 3 NaOH → CH2OH + 3C17H35COONa
│                                             │
CH2OCOC17H35                      CH2OH
glicerídeo                soda         glicerol           sabão
cáustica

Mas, se você preferir encaminhar esse óleo de cozinha usado para reciclagem, feita por associações e empresas, lembre-se de fazê-lo usando garrafas plásticas, pois garrafas de vidro podem quebrar, derramar todo o seu conteúdo e causar acidentes.

Além disso, espere o óleo esfriar.

Já a produção dos demais produtos, como o biodiesel, deve-se encaminhar o óleo para empresas especializadas.

Óleo de cozinha e biodiesel

Para quem não sabe, o biodiesel é um biocombustível produzido a partir de reações de esterificação ou transesterificação de óleos vegetais ou animais (novos ou usados) que servem como um substituto do óleo diesel, sendo renovável, biodegradável e menos poluente.

Sem título

O óleo usado é formado por triglicerídeos, que são lipídios formados pela união de uma molécula de glicerina com três ácidos graxos (triésteres), possuem suas cadeias carbônicas muito grandes. Por isso, o óleo de cozinha, depois de limpo e desumidificado, é posto para reagir com álcoois na presença de um catalisador apropriado.

No final do processo, cada cadeia de ácido graxo é desligada da glicerina e cada uma dá origem a uma molécula de biodiesel, que possui características físico-químicas semelhante à do diesel.

Mas o óleo de cozinha pode ser também transformado em energia, como é o caso na cidade de Londres, onde são fornecidos pelos restaurantes e empresas alimentícias cerca de trinta toneladas do material, sendo eles recolhidos diariamente pela prefeitura que, misturada a gordura animal e óleo vegetal, gerarão 130 gigawatts por hora, o suficiente para abastecer 40 mil casas de médio porte.

O projeto teve início em 2015 e além de colaborar com a geração de energia, ajudará a capital do Reino Unido a resolver um de seus principais problemas ambientais onde, mensalmente, a cidade gasta um milhão de libras para limpar os 40 mil bloqueios no sistema de esgoto, causados pelo descarte inadequado de óleo.

Viu como é fácil? Além de ter um produto que poderá usar, representando economia para o orçamento familiar, você ainda ajuda a conservar o meio ambiente!

Então pesquise em sua cidade ou município ONGs ou empresas responsáveis pelo recolhimento ou destinação correta para a reciclagem.

São estas ações que além de preservar recursos ambientais, irão incentivar a reciclagem e evitar que mais litros de óleo sejam descartados de maneira incorreta.



Clique na figura abaixo e assine nossa lista de emails para receber nosso ebook "Como criar mapas de localização com ArcGIS 10.x".


Author: Émilin CS

Engenheira ambiental. Têm experiência na área de saneamento e gestão ambiental, buscando soluções usando QGIS e Bizagi. Atua na área de modelagem matemática para rompimento de barragens com software HEC-RAS.

One thought on “Como o óleo de cozinha pode ser reciclado?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *