Favoritos 17.04

Muitas vezes, sair de um emprego não é nada fácil, pois ao mesmo tempo que você não está satisfeito ou não se sente mais parte da equipe vem as obrigação e os medos do desconhecido, principalmente na época na qual o nosso país se encontra, época de crises, de cortar gastos.

Recentemente li uma publicação que fala exatamente isso e que me chamou muito atenção, a matéria se intitula “How to know when it’s time to leave your job – and where to go next”. Nele a autora traz um pensamento muito interessante de como saber a hora de buscar mudanças profissionais, ou melhor ainda, como saber a hora exata de procurar um novo emprego. A  autora menciona algumas perguntas, questionamentos, dicas e reflexões que você deve ter:

  • If you’re asking the question, you have an answer;
  • Follow your curiosity;
  • Pay attention to the people;
  • Run to, not from;
  • Know what matters most, because it won’t change (veja a matéria completa aqui).

In other words, when considering change, don’t just think of the points of arrival and departure. Take into account the journey ahead, once you accept a new role. Think about whether you will like living it, day by day. Listen carefully to the voice that is wondering if you should try something new. Know that it isn’t simply asking for a switch. It’s seeking the greater experience of what comes after the change is made.

Está cada vez mais comum a busca pro profissionais que saibam trabalhar com Sistemas de Informações Geográficas (SIGs), sejam eles por softwares pagos ou livres. Recentemente em um pesquisa, encontrei um site sobre estudos dirigidos para Sig, nele você irá encontrar conceitos, práticas e manuais que poderão ser uteis para suas pesquisas.

Mas se você já sabe tudo sobre SIG e está partindo para a modelagem, passo aqui um ótimo material utilizando o software de modelagem Soil Water Assessment Tool (SWAT) (veja tudo clicando aqui). SWAT significa “Ferramenta de Avaliação de Solo e Água”, foi desenvolvido pela USDA Agricultural Research Service (ARS). Ele foi desenvolvido para avaliar as práticas de gestão do solo (que interferem diretamente sobre a água), e avaliar o aporte de sedimentos e agrotóxicos na bacia hidrográfica.

As ferramentas e técnicas pertinentes a modelagem nos permitem simular situações que facilitam o entendimento de um evento extremo, como secas, inundações e carga de poluentes nos corpos d’água. Desta maneira, pode-se criar procedimentos de prevenção a diversas situações, afim de prover recursos necessários para correta tomada de decisão e definição de estratégias para mitigar os impactos simulados.

 



Clique na figura abaixo e assine nossa lista de emails para receber nosso ebook "Como criar mapas de localização com ArcGIS 10.x".


Author: Émilin CS

Engenheira ambiental. Têm experiência na área de saneamento e gestão ambiental, buscando soluções usando QGIS e Bizagi. Atua na área de modelagem matemática para rompimento de barragens com software HEC-RAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *