Drenagem Urbana

Você sabia que o lixo que jogamos na rua, além de poluir o meio ambiente, será arrastado pela chuva e pode entupir os sistemas de drenagem, causando uma série de prejuízos. Entenda o que é drenagem e de que forma podemos contribuir para seu funcionamento.

Quando falamos em casa, logo imaginamos o lugar onde moramos com a nossa família. Mas a cidade em que vivemos também é nossa casa, e por isso temos a obrigação de cuidar dela.

Você não joga papel no meio da sala, certo? Então, não podemos pensar em jogar lixo no meio da rua!

Além de deixar o lugar sujo e com cheiro ruim, o lixo acumulado atrai bichos e, mais do que isso, é responsável pela poluição de rios e lagos.

[Texto originalmente publicado na Coluna Ciência e Meio Ambiente da Rádio Estação Cocal]

Além do mais, quando chove , todo o lixo acaba sendo arrastado e vai parar nos rios poluindo-os, contribuindo para a morte de peixes e transmitindo doenças também para as pessoas. Para piorar a situação, ele ainda entope os bueiros das ruas, causando as temidas enchentes.

Mas afinal como isso ocorre? De que forma podemos esta contribuindo? É para isso amigo leitor, que venho escrevendo há um tempo sobre o saneamento básico e seus principais eixos.

Na coluna do mês passado, estive explicando sobre um dos cinco eixos do saneamento, o esgotamento sanitário. Hoje, estarei explicando sobre outro eixo do saneamento ,a drenagem urbana, mas afinal ,o que é drenagem urbana e pra que ela serve?

A drenagem e o manejo das águas pluviais consistem no gerenciamento da água da chuva que escoa no meio urbano em decorrência do processo de urbanização, que, por sua vez, impermeabiliza o solo, dificultando a infiltração e acelerando o escoamento superficial das águas pluviais.

Os sistemas de drenagem são classificados ,de acordo com suas dimensões, em sistemas de microdrenagem e de macrodrenagem.

A microdrenagem inclui a coleta e afastamento das águas superficiais ou subterrâneas através de pequenas e médias galerias. Já a macrodrenagem inclui, além da microdrenagem, as galerias de grande porte e os corpos receptores ,tais como canais e rios canalizados e águas pluviais.

Um sistema de drenagem de águas pluviais é composto de uma série de unidades e dispositivos hidráulicos para os quais existe uma terminologia própria ,sendo definidos como: Greide; Guia; Sarjeta; Sarjetões; Bocas coletoras; Galerias, dentre outros.

Os sistemas de drenagem urbana são essencialmente sistemas preventivos de inundações, principalmente nas áreas mais baixas das comunidades sujeitas a alagamentos ou marginais de cursos naturais de água. É evidente que no campo da drenagem, os problemas agravam-se em função da urbanização desordenada.

Quando um sistema de drenagem não é considerado desde o início no planejamento urbano, é muito provável que esse sistema, ao ser projetado, revele-se, ao mesmo tempo, de alto custo e deficiente.

É conveniente, para a comunidade, que a área urbana seja planejada de forma integrada. Se existirem planos regionais, estaduais ou federais, é interessante a perfeita compatibilidade entre o plano de desenvolvimento urbano e esses planos.

Leu, gostou, mas mesmo assim ficou curioso?? Abaixo seguem links que podem explicar mais como funciona um sistema de drenagem:

O que é Drenagem Urbana: https://www.youtube.com/watch?v=l8NmPkOId7w.

Drenagem Urbana (Inglês): https://www.youtube.com/watch?v=LMq6FYiF1mo.



Clique na figura abaixo e assine nossa lista de emails para receber nosso ebook "Como criar mapas de localização com ArcGIS 10.x".


Author: Émilin CS

Engenheira ambiental. Têm experiência na área de saneamento e gestão ambiental, buscando soluções usando QGIS e Bizagi. Atua na área de modelagem matemática para rompimento de barragens com software HEC-RAS.

One thought on “Drenagem Urbana”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *