E se as músicas natalinas te influenciaram?!

Será que as músicas ambientes nos influenciam? Compramos mais ou menos ouvindo elas?

Quantas vitrines você olhou neste Natal? E quantas lojas você entrou para comprar presente? E quantas ainda irá visitar (Pascoa, Dia dos Pais, Mães […])? Entre carrinhos e presentes, a seguinte ideia surgiu-me enquanto buscava tais produtos e ouvia a música de fundo. Existe alguma correlação entre a música que é tocada no estabelecimento comercial e o número de vendas da loja? Então, algumas variáveis foram aparecendo na minha cabeça: Total gasto pelo cliente, Produtos adquiridos, Musica de Fundo, etc…

[Texto originalmente publicado no LinkedIn Pulse]

Pensei comigo, deve haver alguma pesquisa neste sentido (e sempre há). Eis alguns achados meus que gostaria de compartilhar.
Uma rápida busca pela internet, com o termo “Influence of music on buying behaviour” nos fornece uma luz sobre esse tema.

Madeline Ford, no blog MotiveMetris, apresenta um leve resumo sobre o tema. No tocante a musica e compras, três fatores se destacam, Tempo, Volume e Gênero. O tempo (velocidade da música) acaba influenciando o tempo de permanência na loja, ou seja, músicas lentas mantêm os clientes mais tempo na loja e músicas rápidas têm o efeito contrário. O volume ajuda quando ele é baixo, quando se torna alto demais, afasta os compradores. E o gênero pode apresentar diferentes efeitos.

Charles Areni e David Kim, da Universidade Técnica do Texas, em 1993, confrontaram dois estilos de música (clássica e “as mais pedidas”) para avaliar o padrão de compra de clientes de uma loja de vinho. Embora a quantidade de produtos manuseados e observados e o tempo de permanência na loja não fora influenciado pela música, os clientes que ouviam música clássica compraram itens mais caros. Os autores apontam que música clássica fornece um clima de sofisticação.

Adrian North e seus colegas, num estudo disponibilizado em junho de 2015, testaram diferentes estilos musicais (clássica, chinesa, indiana e country). Eles puderam afirmar que as musicas influenciavam os clientes a comprar itens relacionados às musicas, como comida chinesa ou indiana e música chinesa ou indiana, musica clássica e produtos relacionados a classe social, e música country e utensílios domésticos.

No fim das contas, você pode ter sido influenciado pelas musicas natalinas e comprado aquele boneco de ação que você não iria dar ao seu sobrinho. Mas não se preocupe, as pesquisas não terminaram quanto ao tema e, com certeza, a musica de fundo não é o único fator que influencia no momento da compra.

Obs.: Toda pesquisa tem suas limitações, portanto nada aqui pode ser tomado como conclusivo. Para verificar os detalhes das pesquisas, visite os artigos citados.

Charles S. Areni e David Kim. The Influence of Background Music on Shopping Behavior: Classical Versus Top-Forty Music in a Wine Store. Disponível em: <http://www.acrwebsite.org/search/view-conference-proceedings.aspx?Id=7467>.

Madeline Ford. The Psychology of Music: Why Music Plays a Big Role in What You Buy. Disponível em: <http://blog.motivemetrics.com/The-Psychology-of-Music-Why-Music-Plays-a-Big-Role-in-What-You-Buy>.

Adrian C. North; Lorraine P. Sheridan e Charles S. Areni. Music Congruity Effect on Product Memory, Perception and Choice. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S002243591500055X>.



Clique na figura abaixo e assine nossa lista de emails para receber nosso ebook "Como criar mapas de localização com ArcGIS 10.x".


Author: Fernando BS

Engenheiro Ambiental e de Segurança do Trabalho. Atua nas áreas de recuperação ambiental, geoprocessamento e ciência do solo. Busca soluções utilizando softwares como ArcGIS, R e MATLAB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *